Equipe Medalha de Ouro

 

JEC: AMEAÇA DO REBAIXAMENTO

03ago
 

Depois de mais uma derrota para o Vila Nova por 2 x 1 e encerrado o primeiro turno da série B/2016, o Jec está ameaçado de novo rebaixamento. A série C está à vista, o que será desastroso. Cair da A para a B já foi ruim, mas para a C é o que ninguém espera. Com aproveitamento de apenas 30% e com 17 pontos dos 57 disputados, está na vice-lanterna. Precisa de um aproveitamento de 50% no returno para alcançar 45 pontos, que à principio é a pontuação necessária para não cair.  onde jogará nove jogos em casa e dez fora. Fazer 50% dos pontos a disputar não é tão difícil assim, mas o que preocupa é o pobre futebol que está jogando, e dos 30 pontos disputados em casa, ganhou apenas 10. Agora vai ter que fazer quase 100% nas partidas como mandatário e beliscar alguns fora.

A derrota para o Vila Nova foi por conta da arbitragem ao assinalar um pênalti inexistente no final do jogo, mas o empate também ajudaria pouco. O que precisava realmente era a vitória e os três pontos, que foi praticamente para o espaço após a expulsão do meia Tomás aos 13 minutos do segundo tempo, quando estava 1 x 1. Até então o Jec jogava uma partida razoável, dando sinais que poderia buscar a vitória. Mesmo com um a menos, estava com o jogo controlado para empatar, e aí foi prejudicado pela arbitragem nos minutos finais, e novamente derrotado, encerrando o turno de uma forma melancólica.

E O LISCA?

Após um bom começo, onde ganhou dois dos três jogos disputados, o técnico Lisca já não é mesmo. Ganhou 11 dias para treinar e melhorar ainda mais o time, e na volta já se atrapalhou em casa diante do Oeste, a equipe do tic-tac, mas sem força no ataque, e que jogou a vontade após ganhar um gol de presente logo no início da partida e manter o placard de 1 x 0. Sabia a forma do adversário  jogar, e o que viu foi o Jec perdido em campo. E para piorar as poucas chances que criou perdeu, o que mostra o lado técnico ruim. Depois da derrota para o Vila Nova, não se conteve e criticou duramente  os jogadores, dizendo que está faltando comprometimento e chamou  o Tomás de irresponsável pela expulsão. O que  ninguém entendeu foi a escalação dele, e  aí falhou o Lisca. Poderia até ter tirado no intervalo, pois estava jogando e pouco e já com o cartão amarelo. Disse que precisa de mudanças, mas desde a sua chegada já foram contratados seis jogadores e as melhoras foram poucas, e dos cinco jogos disputados, perdeu três e ganhou dois. No returno vai ter que melhorar a produção para 50% de aproveitamento, e fugir da série C, onde esteve praticamente durante todo o turno. Oremos.

 
 

EQUIPE MEDALHA DE OURO

(47) 3433-6589 - contato@equipemedalhadeouro.com.br